EDITORIAS:

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

INTER RECLAMA DA ARBITRAGEM NA DERROTA PARA O CORINTHIANS

Redação: Tiago Dias / Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens



Nem as atitudes do Corinthians nem a atuação do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva ficaram livres de criticas do Internacional após perder por 2x1, mesmo não ligando a derrota diretamente a arbitragem, mas a ineficiência do ataque e falhas defensivas, o Internacional criticou “antijogo” e “catimba” do time do Corinthians e a passividade da arbitragem com o caso que demorou muito a punir os jogadores adversários.

Marcelo Medeiros após o jogo em coletiva reclamou do ocorrido, "A única coisa que saliento é que o Corinthians teve uma conduta de antijogo, excesso de catimba, de cera. O goleiro do Corinthians (Cássio) protagonizou momentos para parar o jogo, e esse negócio de dar cartão amarelo aos 44 do segundo tempo é jogar para torcida. Tem que dar no meio do jogo. Mas a derrota não passou pelo árbitro."

A reclamação foi seguida pelo técnico Abel Braga, reclamando também do tempo de acréscimo dado: "- Ele dá quatro minutos de desconto. Isso é lamentável. Foi dar cartão amarelo para o Cássio aos 45 minutos. Não estou falando da atuação do árbitro. Uma pena. Dizer que o jogador simulou. Ele poderia ter dado seis, sete, e não deu."

Já o meio campo Alex, assumiu que tentou simular o pênalti e explicou: "É um momento tão difícil, às vezes você fica esperando o toque, já com aquilo na cabeça. Foi o que me aconteceu. Foi um lance de simulação. Tomei o amarelo, infelizmente."

RAFAEL MOURA DEVERÁ SER VENDIDO EM 2015

Redação: Victor Thompsen / Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens



O grande alvo de criticas da torcida Colorada, Rafael Moura devera deixar o Inter no final da temporada com o futebol mexicano.

O atacante de 31 anos deverá deixar o Beira-Rio ao final do campeonato brasileiro, a proposta do futebol mexicano pelo jogador não teve seu valor divulgado, mas será inferior aos 3 milhões de euros (R$ 9,3 milhões) pagos pelo Inter em 2012 para tira-lo do Fluminense.

Rafael Moura é alvo da torcida pela ausências de gols, embora tenha 16 gols na temporada, o atacante não vem rendendo bem no Brasileirão e com a chegada de Nilmar perdeu a titularidade.

Com 22 gols em 79 jogos o atacante teve seu grande momento ao marcar os dois gols da vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio na Arena. Porem ficou marcado pelos gols perdidos contra o Atlético-MG quando perdeu um gol sem goleiro acertando a trave.

Para suprir a Saída do atacante o Inter em ira o artilheiro do Brasileirão Henrique do Palmeiras e Luiz Adriano, ídolo do Shakthar Donetsk.

DUPLA GRENAL TEM 3 NA SELEÇÃO SUB 21

Redação: Victor Thompsen / Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens


O técnico Alexandre Gallo convocou os 23 jogadores que irão disputar o Torneio Internacional da China no mês de novembro e chamou três jogadores da dupla GreNal.

Gallo convocou o goleiro Tiago e o Volante Matheus Boteco do tricolor, do Colorado o escolhido foi o zagueiro Eduardo uma das promessas Coloradas no setor defensivo que foi convocado algumas vezes para as seleções de base..

Tiago se destacou ao substituir Marcelo Grohe na semana passada, enquanto o goleiro servia a seleção brasileira no superclássico das américas. Teve grandes atuações e despertou os olhares de Gallo que não editou em convoca-lo, Boteco é nome constante nas convocações da seleção sub-21, homem de confiança de Felipåo é titular da equipe. Eduardo ainda é uma promessa do Inter só atuou no profissional quando a equipe sub-23 a representou no gauchão.

A competição ocorre entre os dias 8 e 18 de novembro na China.

Confira a lista dos 23 convocados para a Seleção Brasileira Sub-21

Goleiros:

Andrey (Botafogo)
Tiago (Grêmio)
Marcos (Fluminense)

Zagueiros:

Eduardo (Internacional)
Marlon (Fluminense)
Nathan (Palmeiras)

Laterais:

Auro (São Paulo)
João Pedro (Palmeiras)
Lorran (Vasco da Gama)
Matheus Muller (Palmeiras)

Meio Campo:

Danilo (Braga-POR)
Eduardo Henrique (Atlético Mineiro)
Lucas Evangelista (Udinese-ITA)
Matheus Biteco (Grêmio)
Nathan (Atlético Paranaense)
Marcos Guilherme (Atlético Paranaense)

Atacantes:

Carlos (Atlético Mineiro)
Gabriel (Santos)
Gerson (Fluminense)
Kenedy (Fluminense)
Thalles (Vasco da Gama)
Yuri Mamute (Botafogo)
Malcon (Corinthians)

NOTAS E AVALIAÇÕES: INTERNACIONAL 1 X 2 CORINTHIANS

Redação: Tiago Dias / Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens



INTERNACIONAL
Mostrou bastante movimentação no meio campo, mas Nilmar ficou muito isolado na frente, mesmo problema enfrentado pelos outros atacantes do colorado, diferença que nas poucas vezes que recebeu a bola, marcou. Defesa como nos últimos jogos, perdida, muitos erros individuais e coletivos, as poucos chances que o Corinthians teve, marcou, em duas falhas.
NOTA 6

ABEL BRAGA
Montou o time com o que tinha de melhor mas o gol sofrido inicialmente acabou com qualquer estratégia. Pode ser culpado pela falha de posicionamento do time no segundo gol, pouco treino, mas fez as substituições e colocou o time a frente para tentar rever ter o placar.
NOTA 6

MÉDIA GERAL 6

CORINTHIANS
O gol logo aos 4 minutos ajudou e muito a estrategia do Timão de esperar o Inter e sair nos contra ataques, fez muito bem e ainda conseguiu mais um gol no final do primeiro tempo. Consegueria o terceiro, mas foi anulado. Fez muito bem o que deveria ser feito, deu espaços ao Inter mas faltava efetividade ao colorado, então não precisaria mudar a estratégia que funcionou o jogo todo.
NOTA 8

MANO MENEZES
Armou muito bem o time e a vantagem de 2x0 no primeiro tempo deu tranquilidade para o treinador fazer as mudanças que achava necessárias para manter o Corinthians jogando da mesma forma.
NOTA 7

MÉDIA GERAL 7,5

domingo, 19 de outubro de 2014

GAÚCHO, COPEIRO E PELEADOR! BRASIL DE PELOTAS ESTÁ NA SÉRIE C

Redação: João Vitor Goularte / Produção: @rsesporte_com / Fotos: Brasiliense/divulgação



Foi sofrido, foi dramático, mas foi! O Brasil de Pelotas está na Série C do Campeonato Brasileiro. E mais do que isso, á partir de hoje, o xavante tem calendário o ano todo, tem divisão e está a um degrau da Série B do Campeonato Brasileiro. 

O acesso veio da forma mais sofrida possível. Com vantagem minima, o time de Rogério Zimmermann chegou a estar perdendo por 2x0, mas foi valente, marcou 1 gol e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças brilhou a estrela de Eduardo Martini e o xavante conquistou o tão sonhado acesso para a Série C do Brasileirão.

O jogo:

O Brasil entrou em campo com o apoio da torcida. Cerca de 600 xavantes foram até a capital nacional acompanhar esta que podia ser considerada umas das partidas mais importantes da história recente do xavante. Apesar do apoio do torcedor, quem começou pressionando foi o Brasiliense. Precisando de uma vitória simples para conquistar o acesso, o time candango procurou o ataque desde os primeiros minutos e o resultado veio aos 13 minutos. Luís Carlos, ex Inter, girou em cima de Fernando Cardozo e chutou rasteiro abrindo o placar, Brasiliense 1x0.

Depois da pressão inicial, o jogo ganhou em equilíbrio e as duas equipes se revezavam no ataque. O Brasil quase empatou com Nena e Cirilo. Mas que chegou ao gol, foi novamente o Brasiliense. Aos 33', Luís Carlos recebeu na área, subiu mais alto que todo mundo e mandou para o gol, Brasiliense 2x0 e o acesso muito distante de Pelotas.

Depois de sofrer o segundo gol, o Brasil acordou definitivamente no jogo e foi para cima do time candango. Aos 42, o alívio. Nena recebeu grande passe de Alex Amado e completou para o gol. E o resultado que era desastroso até então, já era razoável, já que levava a decisão para os pênaltis.

Ao contrário da primeira etapa, o segundo tempo não foi tão movimentado. O Brasiliense tinha mais posse de bola, mas o Brasil também chegava nos contra-ataques. Eduardo Martini começou a aparecer, fazendo no mínimo 5 defesas difíceis. E uma delas pode ser considerada um milagre. Aos 36, Baiano Luís Carlos recebeu na área e completou para o gol, a bola ia entrando, o Brasil sendo eliminado, mas Martini estava lá para operar um milagre. Antes do fim da partida, confusão e duas expulsões. Leandro Leite pelo lado xavante e Tiago Galhardo do Brasiliense levaram o cartão vermelho. Fim de jogo e a decisão seria mesmo do jeito mais dramático, nos pênaltis.

As penalidades foram marcadas por muita tensão de ambas equipes e muita catimba por parte do Brasiliense. Mas brilhou a estrela de Eduardo Martini. O arqueiro defendeu duas penalidades, garantindo o Brasil de Pelotas na Série C do ano que vem. Vale ressaltar ainda, que o centroavante Nena perdeu a primeira cobrança, o que fez com que as penalidades fossem ainda mais sofridas para a nação rubro-negra. 

Pós-jogo:
Torcida xavante tomou as ruas de Pelotas. 

(Foto:Rafael Ferreira)

O clima era de muita emoção, muita felicidade e acima de tudo, a certeza do dever cumprido. O técnico Rogério Zimmermann chorava muito, assim como a maioria dos jogadores e torcedores que viajaram até Brasília. E a alegria não era só na capital federal, a cidade de Pelotas ficou em festa após a cobrança de Rafael Foster que garantiu o acesso ao xavante.

Mas a competição não termina aqui. Depois de conquistar o acesso, agora a briga é outra, pelo título. Na próxima fase o Brasil enfrenta a forte equipe do Londrina, por uma vaga na final da Série D do Campeonato Brasileiro. Além dos gaúchos e dos paranaenses, Tombense e Confiança também integrarão a Série C no ano que vem.

Ficha técnica:

Brasiliense:

Edson; Dedê, Fábio Braz, Felipe e Kaká; Douglas e Baiano; Luquinhas(Romarinho/44 do 2º), Gilmar (Thiago Galhardo/19 do 2º) e ZéRoberto (Matheuzinho/32 do 2º); Luiz Carlos

Técnico: Marcos Soares

Brasil de Pelotas:

Eduardo Martini; Wender (Fernando Schneider/40 do 2º), Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Foster; Leandro Leite, Marcio Hahn (Chicão/intervalo) e Washington; Felipe Garcia (MárcioJohnathan/19 do 2º); Nena e Alex Amado


Técnico: Rogério Zimmerman



CRÔNICA, GOLS E COLETIVAS: INTER 1X2 CORINTHIANS

Redação e Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens / Vídeo: YouTube


O Inter recebeu o Corinthians no Beira Rio pela 29ª rodada do Brasileirão. E podendo recuperar a 2ª colocação na tabela, não conseguiu vencer a defesa do timão que ficou bem postados, chegando poucas vezes ao gol colorado, mas sendo eficientes ao criar e fazer os gols que deram ao comandados de Mano Menezes a vitória, após a saída da Copa do Brasil.

O resultado fez o Inter parar com 50 pontos, não recuperando a segunda posição, tomada pelo São Paulo no sábado. Já o Corinthians se aproximou do G-4. Com 49 pontos, a equipe está apenas um atrás do último que estaria garantindo vaga na próxima Libertadores.

Os gols do Corinthians foram marcados por Guerrero e Gil, ambos após cruzamentos, contando com falhas técnicas e de posicionamento da defesa do Internacional. Nilmar jogou os 90 minutos,marcou o gol de honra vermelho, mas não conseguiu mudar o quadro com superioridade do adversário. Assim, os corintianos espantam a crise e acalmam a torcida que pedia a saída do técnico Mano Menezes.

Na próxima rodada, o Inter visita o Flamengo e o Corinthians recebe o Vitória, quarta-feira, às 19h30.

Melhores momentos:



Coletivas:


Abel Braga > "Inter jogou como time grande, mas perdeu como time pequeno, como criança. Sofremos colg como crianças. Os erros aconteceram e não podem acontecer. Custaram caro - avaliou, em entrevista coletiva no estádio Beira-Rio. - Sabemos que o Corinthians ia tentar mudar a imagem do jogo passado. Duas vezes no primeiro e dois gols, é inadmissível. Vamos continuar, é futebol. Já ganhei jogos que eu não merecia, como contra o Bahia. Mas o que é importa é ganhar. Eles foram efetivos, tem que dar os parabéns. O Valdívia não conseguiu ainda repetir dois jogos da mesma maneira. Hoje, ele entrou no intervalo. Vocês têm que parar de individualizar um pouco. Para ele, está sendo um pouco mais difícil. Ele não entrou bem, então eu mexi errado. Talvez teria que colocar o Jorge. Eu analiso a minha equipe como um todo. Ele dá quatro minutos de desconto. Isso é lamentável. Foi dar cartão amarelo para o Cássio aos 45 minutos. Não estou falando da atuação do árbitro. Uma pena. Dizer que o jogador simulou. Ele poderia ter dado seis, sete, e não deu".


Mano Menezes > "Quando o trabalho é sério, mesmo que a derrota seja dura, você tem força necessária para reagir e fazer um grande jogo com o mesmo nível que mostrávamos antes. É preciso ressaltar que nos últimos três jogos fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, obtivemos duas vitórias, o que é importante para atingir o que queremos dentro da competição. Pela qualidade do adversário, era possível jogarmos bem e não vencer. Pouca gente saiu com vitória do Beira-Rio porque o adversário é muito qualificado. A resposta que precisávamos dar era de comportamento. Passamos um momento difícil no jogo de hoje, mas soubemos reagir. Não aceitamos o domínio do Internacional com passividade. É o mais importante que levamos daqui".

Ficha Técnica:

Data: 19/10/2014 / Local: Beira-Rio, Porto Alegre-RS / Árbitro: Dewson Fernando de Freitas da Silva-PA / Gols: Guerrero (COR) aos três minutos e Gil (COR) aos 53 do primeiro tempo; Nilmar (INT) aos 27 min do segundo tempo / Cartões amarelos: Alex, Ernando, Fabrício, Paulão e Willians (INT), Cássio, Elias, Fagner, Guerrero e Petros (COR)

INTERNACIONAL: Alisson Becker; Wellington Silva (Jorge Henrique), Ernando, Paulão e Fabrício; Willians (Wellington Paulista), Aránguiz, Alex e D’Alessandro; Alan Patrick (Valdívia) e Nilmar.

Técnico: Abel Braga

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fabio Santos; Bruno Henrique (Guilherme Andrade), Elias, Petros, Jadson (Lodeiro) e Renato Augusto (Danilo); Guerrero.

Técnico: Mano Menezes

CRÔNICA, COMPACTO, COLETIVAS: GOIÁS 0X0 GRÊMIO

Redação e Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens / Vídeo: YouTube




Em um dos jogos mais monótonos do Campeonato Brasileiro, Goiás e Grêmio não saíram de um empate em 0 a 0 neste sábado. A partida foi disputada sob forte calor no Estádio Serra Dourada, em Goiânia - a alta temperatura colaborou para o ritmo lento da partida, assistida por pouco mais de três mil torcedores. O resultado leva o Goiás a 38 pontos, na 9ª colocação. O Grêmio segue em 5º, com 47.

O primeiro tempo transcorreu em ritmo lento devido ao calor. O Grêmio tomou a iniciativa, mas não conseguia levar perigo com consistência. O Goiás, nos contragolpes, chegou poucas vezes a ameaçar Marcelo Grohe. A equipe da casa tentou impor um ritmo mais forte na volta do intervalo, mas acabou parando na sólida defesa gaúcha.

As duas equipes voltam a jogar nesta quarta-feira. O Grêmio receberá o Figueirense, na Arena, enquanto o Goiás visita o Sport, na Ilha do Retiro.

Veja os melhores momentos:



Coletivas:


Ricardo Drubscky > "No primeiro tempo, o time inteiro acusou cansaço e não foi bem. Na etapa final, conseguiu crescer. Até mesmo o Samuel, que não vinha bem. Pensei em tirá-lo no intervalo, mas deixei e ele melhorou. Faltou matar o jogo. Lamentamos, pois tivemos pelo menos duas chances claras de gol. Se fosse para ter vencedor, seria o Goiás, que cresceu muito no segundo tempo. Mas também não podemos desvalorizar esse ponto conquistado".


Felipão Scolari > "Nenhuma das duas equipes teve chances vivas para que pudessem lamentar um gol perdido. Foi um jogo equilibrado. Além do equilíbrio, tem a dificuldade da grama, do campo, da temperatura. Viemos de uma temperatura mais baixa. Sempre tem uma coisa ou outra que pode atrapalhar uma vitória de A ou B. Não. O Goiás tinha dependência (do atacante Erik, suspenso)? Quando se joga com 38 graus, grama fofa, se tem algumas dificuldades a mais, que temos que levar em conta para o desempenho dos jogadores não corresponder totalmente. As duas equipes jogaram no que têm condições. Não sei te dizer a falta do Barcos. Do jeito que foi hoje, não sei se o Lucas não esteve em melhores condições do que o Barcos atualmente".

Ficha Técnica:

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) / Data: 18 de outubro de 2014, sábado / Horário: 18h30 (de Brasília) / Árbitro: Marielson Alves Silva (BA) / Assistentes: Adson Lopes Leal e Luiz Carlos Teixeira (ambos da BA) / Público: 3.044 / Cartões amarelos: Amaral, Felipe Macedo e Pedro Henrique (Goiás); Pará e Bressan (Grêmio) /

GOIÁS: Renan; Felipe Macedo (Tiago Real), Jackson, Pedro Henrique e Felipe Saturnino; Amaral, David, Thiago Mendes, Esquerdinha e Ramon (Bruno Mineiro); Samuel (Welinton Júnior)

Técnico: Ricardo Drubscky

GRÊMIO: Marcelo Grohe (Tiago); Pará, Geromel, Bressan e Zé Roberto; Walace, Fellipe Bastos (Riveros) e Ramiro (Matheus Biteco); Fernandinho, Lucas Coelho e Luan

Técnico: Luiz Felipe Scolari

ROMILDO BOLZAN JR. É O NOVO PRESIDENTE DO GRÊMIO

Redação e fotos: Ass Grêmio / Produção: @rsesporte_com



 Romildo Bolzan Junior, 54 anos, representante da Chapa 04, é o novo presidente do Grêmio para assumir a gestão no biênio 2015/2016. O resultado da eleição, realizada neste sábado, foi divulgado oficialmente às 18h25, pelo presidente da Comissão Eleitoral, Almir Porto da Rocha, em entrevista coletiva no auditório da Arena. Romildo Bolzan Jr., candidato da Situação, obteve 6.398 votos (71,4%) contra 2.557 (28,6%) do adversário, Homero Bellini Junior. Foram computados também 38 votos nulos e 20 brancos. No total, 9.013 gremistas participaram do pleito. “Queria agradecer a figura do presidente Fábio Koff. O que aconteceu hoje aqui foi um voto de confiança na continuidade, e nós sabemos disso. É motivo de muito trabalho”, declarou o Bolzan em sua primeira manifestação.


A eleição ocorreu das 9h às 17h, com a convivência harmônica entre os integrantes e militantes de cada chapa. Uma tradição em cada pleito organizado pelo Clube. O exemplo foi destacado pelo presidente do CD, Milton Camargo: “Foi mais um exemplo de grandeza. O torcedor fez a sua escolha”, declarou agradecendo a todos os envolvidos no processo.

O novo Conselho de Administração será formado também por Adalberto Preis, Antônio Dutra Junior, Claudio Oderich, Marcos Hermann, Odorico Roman e Sergei Ignacio da Costa.

A gestão já conta com a presença de Fábio Koff, como homem forte do Futebol, e Duda Kroeff, que já exerce a função de assessor do Departamento.

Romildo Bolzan Jr. é sócio do Clube desde 1963, quando frequentava as arquibancadas do Olímpico levado pelas mãos do seu pai. No início da década de 90, ingressou no Conselho Deliberativo, onde passa a integrar o Conselho Consultivo.

Vejas mais fotos da eleição gremista:









sábado, 18 de outubro de 2014

SAIBA O SERVIÇO DA ELEIÇÃO NO GRÊMIO

Redação: Ass Grêmio / Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens e grêmio.net


Neste sábado, 18, o Grêmio definirá seu novo presidente para o biênio 2015/2016. A votação se dará de forma presencial na Arena e também pela internet, no período compreendido entre 9h e 17h. Uma enquete está sendo realizada no link abaixo. Vote!

QUEM VENCE A ELEIÇÃO???: BOLZAN OU BELLINI:

SERVIÇO:

COMO VOTAR:

Para o voto presencial, o associado deve comparecer ao estádio portando documento de identificação e a carteira de sócio. O acesso ao local se dará pelas rampas oeste e leste. Para maior comodidade e segurança dos associados, o estacionamento E1 estará liberado para o uso e isento de pagamento.

Pela Internet, opção válida somente para sócios que se habilitaram a essa modalidade até o último dia 06/10, só será computado o voto que for realizado no período entre 9h e 17h. O associado deverá acessar a página pelo site do Grêmio ou diretamente pelo link: www.eleicaogfbpa.com.br e informar o código de voto e escolher seu candidato.

Mais informações sobre a Eleição 2014 e os sócios já habilitados para participar do processo podem ser conferidos pelo link: 

http://gremioeleicoes2014.com.br/index.php/home/consulta

QUEM ESTÁ APTO A VOTAR:

• Ser sócio há mais de 2 anos ininterruptos, pelo menos desde 18 de outubro de 2012;
• Ter mais de 16 anos até o dia da eleição;
• Estar em dia com os pagamentos das mensalidades vencidas até a data limite de 05 de setembro de 2014;
• Estar com o cadastro atualizado no Quadro Social.

SERVIÇOS NA ARENA:

Durante o período de votação, o Quadro Social da Arena (Central de Atendimento), localizado em frente à Rampa Leste, ficará disponível para serviços como associação, retirada de segunda via de cartão de sócio e etc. Em caso de dúvida, contate o QS pelo (51)32182000. As lojas GrêmioMania também estarão abertas. A unidade provisória, localizada ao lado do portão D, e a loja ao lado da CA estarão em funcionamento das 9h às 17h.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

PIFFERO QUER TITE DE TREINADOR CASO VENÇA ELEIÇÃO

Redação: Tiago Dias / Produção: @rsesporte_com / Fotos: Google Imagens


Ainda que não tenha se anunciado como candidato a Presidente do Internacional, Vitorio Piffero já fala como tal, também já falou sobre os planos case ganhe e confirmou que entrará na disputa como protagonista.

Eduardo Pires em seu blog Onze-Futebol, da mais detalhes sobre planos de Piffero e lança algumas duvidas sobre apoios.

"O grupo lançará a chapa, tendo Piffero como cabeça, em breve! As eleições ocorrem dias 10 de novembro e 13 de dezembro. Tenho certeza que será um candidato fortíssimo. Por enquanto se fala em Marcelo Medeiros como candidato da situação, do presidente Giovani Luigi. Extra oficial também, Vitório Piffero já disse para algumas pessoas que o seu treinador preferido é Tite, embora o Corinthians também esteja super interessado no treinador gaúcho. Quem seria o técnico do Marcelo Medeiros? Abel Braga? Outra pergunta: quem o lendário ex-presidente Fernando Carvalho irá apoiar?"